ESPORTE

Campeonato Catarinense corre risco de não terminar




FOTO: Federação Catarinense de Futebol

O Campeonato Catarinense não tem previsão para terminar. Isso porque o governo de Santa Catarina anunciou na noite de sexta-feira (24), em seu site oficial, a publicação de um decreto para ampliar as medidas de isolamento social no estado devido ao novo coronavírus. O decreto prorroga a suspensão de competições e eventos esportivos em Santa Catarina até o dia 7 de agosto.

O suspensão não foi bem recebida pelo presidente da Federação Catarinense de Futebol (FCF). Em entrevista à Rádio CBN Diário, Rubens Angelotti admitiu a dificuldade em terminar o Campeonato Catarinense por falta de datas. Angelotti criticou a decisão e citou exemplos de outros campeonatos, como o Carioca, já finalizado, o Paranaense e o Paulista, que voltaram às partidas.

Se o Campeonato Catarinense não retornar antes do dia 7 de agosto, dificilmente haverá datas para o fim da competição. Isto porque a série B do Campeonato Brasileiro começa exatamente no dia 7 de agosto, com três times de Santa Catarina na disputa. O Avaí enfrenta o Náutico, dia 7, às 21:30 horas, na Ressacada. No sábado (8), o Figueirense enfrenta o Operário-PR, no Estádio Germano Krüger, às 16:00 horas. No domingo (9), a Chapecoense joga contra o Oeste às 11:00 horas, na Arena Barueri.

Brusque e Criciúma também possuem compromissos pela série C do Brasileirão, que começa no dia 8 de agosto. O Brusque recebe o Ypiranga-RS, sábado (8), no Estádio Augusto Bauer. O Criciúma enfrenta o Londrina, dia 10, às 20:00 horas, no Estádio Vitorino Gonçalves Dias.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTE  |  09/08/2020 - 22h





ESPORTE  |  06/08/2020 - 11h