ESPORTE

Camilo deixa passado de lado, foca em futuro e aposta: “Uma vitória pode mudar tudo”




Foto: Márcio Cunha/Chapecoense

Chapecoense vive seu pior início de Campeonato Brasileiro, com apenas 10 pontos somados em 14 jogos. Os números ajudam a deixar o ambiente pressionado, já que o clube é o mais vazado com 27 gols sofridos na competição - cinco a mais que a segunda pior defesa.

São apenas duas vitórias. A última delas no final de maio, quando bateu o Cruzeiro, fora de casa, na 6ª rodada. Depois disso foram três empates e cinco derrotas. O passado, no entanto, não é mais preocupação do time verde e branco. O meia Camilo, um dos mais experientes do elenco, quer o time focado no futuro e acredita que uma vitória pode mudar o panorama da temporada.

- Uma vitória pode mudar tudo. Não tem como voltar contra o Ceará, não tem mais. Perdemos os três pontos, levamos quatro gols e é isso. É mudança para não tomar no próximo e assim ir. Futebol é dinâmico. Tem que estar preparado. Leva dois dias sem dormir direito, fica pensando, mas tem que levantar, trabalhar muito, se dedicar, se concentrar, isso que temos que levar - disse o meia em entrevista coletiva.

Temos condições. Se pegar o parâmetro contra o Grêmio, vemos que estamos próximos das vitórias. Fator de concentração no jogo. Podemos ter relaxado contra o Ceará. Vemos um jogo difícil contra o Avaí. Treinador com bons trabalhos. Por mais que não tenham vencido, fazem jogos duros. Estamos nos preparando para ter o resultado - acredita Camilo.

O jogo contra o Avaí está marcado para o domingo, às 19h (de Brasília), na Arena Condá.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTE  |  28/02/2020 - 06h