ESPORTES POR LEDEMIR JOSÉ

Torcedores envolvidos em brigas em estádios no exterior serão banidos da Copa América




Foto: Guga Matos/JC Imagem

Torcedores de outros países envolvidos em casos de violência em estádios não vão  poder entrar no Brasil durante a Copa América 2019. O evento começa dia 14 de junho. A partida de estreia é Brasil e Bolívia, no Estádio do Morumbi, em São Paulo.

A disputa final será dia 7 de julho, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

A decisão de banir os torcedores violentos está na portaria do Ministério da Justiça e Segurança Pública publicada na edição desta segunda-feira do Diário Oficial da União.

De acordo com o documento, os fiscais nos portos, aeroportos internacionais e rodovias têm permissão para barrar quem tiver registro no cadastro internacional.

E para aumentar ainda mais a segurança nos estádios, a Conmebol, Confederação Sul-Americana de Futebol, vai usar um sistema que identifica os torcedores pelo rosto em seis estádios da Copa América. Esse vai ser o primeiro evento do país a trabalhar com o reconhecimento facial.

A Copa América será disputada em cinco cidades-sede: Belo Horizonte, Porto Alegre, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo.  12 seleções vão participar. Dez da América do Sul: Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru, Uruguai e Venezuela; e duas convidadas: Catar e Japão.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



ESPORTES POR LEDEMIR JOSÉ  |  06/01/2020 - 09h





ESPORTES POR LEDEMIR JOSÉ  |  08/06/2019 - 00h


ESPORTES POR LEDEMIR JOSÉ  |  08/06/2019 - 00h