REGIÃO

Espaço Cultural dá visibilidade ao trabalho de artesãos de Xanxerê e região.
Produtos estão à disposição dos visitantes.





Cerca de 30 expositores de Xanxerê e região apresentam seu trabalho durante a oitava edição da Festa Estadual do Milho. A feira que começou no último sábado, 28, representa um ganho de venda para os artesões.

Para a expositora, Francyele Vivian a feira representa um ganho nas vendas e oportuniza a divulgação de seu trabalho. “As vendas estão ótimas, sou artesã há três anos e a feira é uma ótima oportunidade de vendas e também para conhecer o trabalho de outros artesãos”.

Chaveiros, mandalas e enfeites para chimarrão são algum dos itens comercializados por Francyele. “Hoje o artesanato possui uma grande gama de produtos. Eu mesma produzi vários itens exclusivos com a temática da feira e tenho vendido muito. Sem contar que temos um grande diferencial que é o amor e carinho por cada peça feita”, finaliza.

O Espaço Cultural fica próximo ao Museu do Milho e atrai diariamente inúmeros visitantes. A ExpoFemi 2018 iniciou no sábado, 28, e se estende até o próximo domingo, 6.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM