CORONAVÍRUS

Dez novos leitos de UTI serão instalados no HRSP


Foto: Divulgação


O Hospital Regional São Paulo (HRSP) assinou contrato com a empresa Ultramed Serviços Médicos e Hospitalares LTDA para instalação de 10 novos leitos de UTI que serão utilizados para atendimentos de pacientes da Covid-19 no SUS – Sistema Único de Saúde. Estrutura física e suporte são responsabilidades do HRSP, o restante, materiais, medicamentos, equipamentos, profissionais tudo o que é necessário para o funcionamento de uma UTI é responsabilidade da empresa prestadora de serviço.

De acordo com o Diretor Administrativo do HRSP, Fábio Lunkes, o hospital vai ceder a estrutura física e as redes de gases, elétrica e hidráulica, o restante é responsabilidade da empresa. Ele comenta que é importante ressaltar que o HRSP, em poucas semanas, diante do colapso, conseguiu disponibilizar a estrutura que está sendo construída para UTI Coronariana para o atendimento ao Covid-19.
- Esperamos que essa situação do Covid acabe logo, mas enquanto isso, mais uma estrutura estará montada e que vem para somar no atendimento prestado a população nesse momento - destacou.


Ele comenta ainda que nos próximos dias os leitos entram em funcionamento, que o contrato é para 03 meses, podendo ser prorrogado, com suporte financeiro do Estado, que estará custeando esses leitos.

- Hoje temos na Emergência do HRSP, 27 pacientes que estão precisando de um leito de UTI, destes, 18 entubados, então esses leitos vão atender essas pessoas que estão aguardando. Assim que entrarem em funcionamento, os leitos já serão inclusos no sistema de regulação do Estado e poderão atender pacientes de Xanxerê e de todas as regiões - esclareceu.

Maicon dos Santos, administrador da empresa Ultramed Serviços Médicos e Hospitalares LTDA explica que depois da assinatura do contrato, agora a empresa começa a direcionar equipamentos (respiradores, monitores), materiais, medicamentos e insumos para começar a oferecer o serviço quanto antes. Além disso, ele esclarece que a empresa começa o direcionamento das equipes, enfim, tudo que precisa para começar o atendimento em UTI dos pacientes Covid. Maicon explica que empresa tem agora prazo contratual de até 07 dias uteis para iniciar o serviço, porém é necessário, segundo ele, levar em conta a situação do pais que está com dificuldade para encontrar equipamentos e equipes, mas a empresa vai buscar ao máximo atender os prazos e demandas.

- Estamos com grande parte de toda estrutura pronta, vai começar a direcionar e instalar tudo aqui em Xanxerê, para funcionar o quanto antes possível -  comentou.

Para o prefeito de Xanxerê, Oscar Martarello, esses novos leitos são um passo importante para o município e para o hospital nesse momento difícil de pandemia. O prefeito comenta que esses leitos chegam em um momento importante para atender toda a comunidade e os pacientes que estão aguardando pela transferência.

- Nós já precisamos em outros momentos de leitos e conseguimos transferir nossos pacientes para outras regiões. Agora poderemos dar um atendimento aos pacientes que estão esperando leito e futuramente também, quem sabe, poderemos atender toda a região, o Estado e o país - esclareceu. O Hospital Regional São Paulo (HRSP) assinou contrato com a empresa Ultramed Serviços Médicos e Hospitalares LTDA para instalação de 10 novos leitos de UTI que serão utilizados para atendimentos de pacientes da Covid-19 no SUS – Sistema Único de Saúde. Estrutura física e suporte são responsabilidades do HRSP, o restante, materiais, medicamentos, equipamentos, profissionais tudo o que é necessário para o funcionamento de uma UTI é responsabilidade da empresa prestadora de serviço.

De acordo com o Diretor Administrativo do HRSP, Fábio Lunkes, o hospital vai ceder a estrutura física e as redes de gases, elétrica e hidráulica, o restante é responsabilidade da empresa. Ele comenta que é importante ressaltar que o HRSP, em poucas semanas, diante do colapso, conseguiu disponibilizar a estrutura que está sendo construída para UTI Coronariana para o atendimento ao Covid-19.
- Esperamos que essa situação do Covid acabe logo, mas enquanto isso, mais uma estrutura estará montada e que vem para somar no atendimento prestado a população nesse momento - destacou.

> Clique AQUI e receba notícias de Xanxerê pelo WhatsApp

Ele comenta ainda que nos próximos dias os leitos entram em funcionamento, que o contrato é para 03 meses, podendo ser prorrogado, com suporte financeiro do Estado, que estará custeando esses leitos.

- Hoje temos na Emergência do HRSP, 27 pacientes que estão precisando de um leito de UTI, destes, 18 entubados, então esses leitos vão atender essas pessoas que estão aguardando. Assim que entrarem em funcionamento, os leitos já serão inclusos no sistema de regulação do Estado e poderão atender pacientes de Xanxerê e de todas as regiões - esclareceu.

Maicon dos Santos, administrador da empresa Ultramed Serviços Médicos e Hospitalares LTDA explica que depois da assinatura do contrato, agora a empresa começa a direcionar equipamentos (respiradores, monitores), materiais, medicamentos e insumos para começar a oferecer o serviço quanto antes. Além disso, ele esclarece que a empresa começa o direcionamento das equipes, enfim, tudo que precisa para começar o atendimento em UTI dos pacientes Covid. Maicon explica que empresa tem agora prazo contratual de até 07 dias uteis para iniciar o serviço, porém é necessário, segundo ele, levar em conta a situação do pais que está com dificuldade para encontrar equipamentos e equipes, mas a empresa vai buscar ao máximo atender os prazos e demandas.

- Estamos com grande parte de toda estrutura pronta, vai começar a direcionar e instalar tudo aqui em Xanxerê, para funcionar o quanto antes possível -  comentou.

Para o prefeito de Xanxerê, Oscar Martarello, esses novos leitos são um passo importante para o município e para o hospital nesse momento difícil de pandemia. O prefeito comenta que esses leitos chegam em um momento importante para atender toda a comunidade e os pacientes que estão aguardando pela transferência.

- Nós já precisamos em outros momentos de leitos e conseguimos transferir nossos pacientes para outras regiões. Agora poderemos dar um atendimento aos pacientes que estão esperando leito e futuramente também, quem sabe, poderemos atender toda a região, o Estado e o país - esclareceu.


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



CORONAVÍRUS  |   19/09/2021 19h42





CORONAVÍRUS  |   27/08/2021 17h05


CORONAVÍRUS  |   01/08/2021 11h15