AGRICULTURA

Campanha de vacinação contra febre aftosa de 2020 imuniza 98% do rebanho Brasileiro


Foto: Cidasc / Divulgação

Brasil segue executando as ações para garantir o status de país livre da febre aftosa e ampliar as zonas livres de febre aftosa sem vacinação.

Durante a segunda etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa de 2020, 98,36% do rebanho brasileiro foram imunizados, o equivalente a 76 milhões de bovinos e bubalinos com até 2 anos de idade.

De acordo com os dados parciais do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, das 22 unidades da Federação que adotam a vacinação, foram contabilizadas informações de 21, faltando apenas a Paraíba, que ainda não enviou o relatório.

O Brasil segue executando as ações para garantir o status de país livre da febre aftosa e ampliar as zonas livres de febre aftosa sem vacinação.

Em 2020, o Mapa reconheceu seis estados brasileiros - Acre, Paraná, Rio Grande do Sul, Rondônia, regiões do sul do Amazonas e do noroeste do Mato Grosso - como livres de febre aftosa sem vacinação.

O reconhecimento nacional é um dos passos para alcançar o reconhecimento internacional junto à Organização Mundial da Saúde Animal.

O pleito brasileiro segue em avaliação e a expectativa é que a Organização Mundial de Saúde Animal conceda esse reconhecimento para esses estados em maio deste ano.

Atualmente, no Brasil, apenas Santa Catarina é considerada, internacionalmente, como zona livre de febre aftosa sem vacinação.


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



AGRICULTURA  |   08/08/2021 10h08





AGRICULTURA  |   09/06/2021 09h56


AGRICULTURA  |   02/06/2021 06h34