CORONAVÍRUS

​Região AMAI está unida no enfrentamento a COVID-19


Foto: Divulgação

 
A tomada de decisão em conjunto e cumprimento das medidas de proteção em toda região é uma das ações realizadas pela Associação dos Municípios do Alto Irani (AMAI), em busca de uma efetiva redução dos casos ativos e da taxa de transmissibilidade da COVID-19.
Para tanto, prefeitos se reuniram na última semana e definiram uma série de restrições, que foram adotadas pelos municípios. Entre elas a instituição de “lei Seca”, com proibição de venda de bebidas alcoólicas, fechamento das atividades não essenciais, proibições de reuniões de família, suspensão de eventos, cultos e atividades esportivas. Além de uma série de medidas restritivas e de cuidados importantes de prevenção que seguem até 6h do dia 08 de março.
Segundo o presidente da AMAI e prefeito de Faxinal dos Guedes, Gilberto Lazzari, é importante que a região continue unida, pois as medidas visam priorizar vidas e minimizar a necessidade de leitos no HRSP, que atende 21 municípios.
“A curva está aumentando, precisamos de união, para que os números baixem em toda região. É essencial que as medidas sejam cumpridas, para que em breve tenhamos o retorno das atividades sem comprometer ainda mais vidas. Estamos buscando o melhor para o cuidado com a saúde de toda regional”, comenta.
Até as 18h do domingo (28), a região amai já contabilizava mais de 16 mil casos confirmados de Coronavírus, destes 2.501 ativos. Mais de 200 pessoas já perderam a vida na região, devido a COVID-19.


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



CORONAVÍRUS  |   19/09/2021 19h42





CORONAVÍRUS  |   27/08/2021 17h05


CORONAVÍRUS  |   01/08/2021 11h15