CORONAVÍRUS

Após negociação do Governo do Estado, Força Nacional de Saúde envia reforço para Oeste catarinense




Foto: Divulgação

O Ministério da Saúde, por meio da Força Nacional de Saúde, irá enviar reforço aos municípios do Oeste catarinense. Os profissionais irão atuar principalmente em Chapecó e Xanxerê, além de outras cidades da região, para entendimento das necessidades e outras intervenções nos fluxos de trabalho locais. A medida faz parte da estratégia de enfrentamento ao aumento do número de casos e ao agravamento da crise do coronavírus em Santa Catarina.

“Durante esta semana, estive reunido em Brasília com o ministro Eduardo Pazuello e outras autoridades para providenciar reforço de pessoal, equipamentos, testes e outros insumos para Santa Catarina. Entendemos que o momento crítico é uma realidade em vários regiões do país, mas estamos em diálogo permanente com o Governo Federal para atender os catarinenses”, afirmou o secretário de Estado da Saúde, André Motta Ribeiro.

Ele esteve em reuniões com o ministro da Saúde e também com o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco, e da Secretaria de Vigilância em Saúde, Arnaldo Correia. Também houve conversas no Palácio do Planalto, com o secretário de Articulação da Casa Civil, Heitor Freire de Abreu, e a secretária Especial Deborah Arôxa.

O Ministério da Saúde confirmou ao secretário de SC o envio de 10 ventiladores pulmonares e há previsão de chegada de remessas de testes e outros insumos. Alguns itens serão enviados diretamente para Chapecó e Xanxerê. O restante será remetido ao almoxarifado da Secretaria de Estado da Saúde e distribuído aos municípios catarinenses. A SES mantém o canal de articulação com o Governo Federal, centraliza e coordena os esforços para garantir o atendimento à população.


Fale conosco ou participe do nosso grupo do WhatsApp

Participe do nosso grupo do Telegram




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



CORONAVÍRUS  |   14/04/2021 08h03





CORONAVÍRUS  |   09/04/2021 10h46


CORONAVÍRUS  |   09/04/2021 08h47