Portal Faxinal

NOTÍCIAS



Número de famílias com contas atrasadas diminui.

16/04/2019 às 06h03

Dados da Pesquisa de Endividamento e Inadimplência dos Consumidores catarinenses (Peic), feita mensalmente pela Fecomércio-SC, mostram que entre março e abril o total de famílias com contas atrasadas — ou seja, inadimplentes — caiu de 16,6% para 15,7%. Ao todo, cerca de 54,9% das famílias catarinenses possuem contas a pagar. Em março, esse total estava em 52,5%.

De acordo com o relatório, os atuais níveis de inadimplência estão estáveis e condizentes com a situação econômica dos consumidores. O percentual, segundo análise da Fecomércio-SC, não apresenta risco elevado, já que o tempo médio com dívidas em atraso está em um patamar moderado, de 66,7 dias, contra os 68 dias no mês passado. A inadimplência que começa a preocupar, a partir dos 90 dias, permanece estável.

A pesquisa ainda aponta que a parcela da renda comprometida com dívida está estável (28,5%). Já o indicador de tempo de comprometimento com dívidas subiu para 9,4 meses, nível considerado alto. A partir desse dado, a Fecomércio-SC entende que as dívidas estão sendo estendidas com mais frequência por conta do período de cautela da atividade econômica.

Assim como foi observado em meses anteriores, entre março e abril o cartão de crédito continuou sendo o principal agente do endividamento, responsável pela expressiva maioria das dívidas (65,6%). Em seguida aparecem os carnês (41,6%), o financiamento de carro (27,3%) e financiamento de casa (22,4%).

Fonte: NSC



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.





VEJA TAMBÉM