Portal Faxinal

NOTÍCIAS



Avaí vence o Criciúma nos pênaltis e vai à final do Catarinense

15/04/2019 às 06h36
Atualizada em 15/04/2019 - 06h42

Classificação nos pênaltis, o Avaí venceu o Criciúma e avançou à decisão do Campeonato Catarinense neste domingo - a Chapecoense será o adversário. Depois de um jogo intenso e cheio de alternativas, o placar em 1 a 1 no tempo normal levou a decisão para a marca da cal na Ressacada.

Nas cobranças, brilhou Lucas Frigeri e o Leão venceu por 4 a 2. O goleiro defendeu dois pênaltis e foi o grande destaque da semifinal, que foi tensa e terminou com grande festa da torcida azurra.

Agora é a final

A Chapecoense venceu o Figueirense e se classificou para enfrentar o Avaí na decisão. A partida será no próximo domingo, na Ressacada, em jogo único. Quem vencer, fica com o título e, em caso de empate, a disputa será nas penalidades.

Foco na Série B

O Criciúma terá 15 dias para trabalhar até a estreia na Segundona. A primeira partida será contra o Cuiabá, em 27 de abril, no estádio Heriberto Hülse.

Categoria

O Avaí converteu todas as cobranças de pênalti, com João Paulo, Gegê, Pedro Castro e Igor Fernandes. Coube ao lateral-esquerdo marcar o pênalti decisivo. Com categoria, ele deslocou Bruno Grassi e correu para o abraço.

Artilheiro ferido

Duramente criticado na derrota para o Vasco, pela Copa do Brasil, o artilheiro Daniel Amorim deixou o dele e chegou aos nove gols no estadual - são 13 no ano. No meio da segunda etapa, acabou sentindo lesão muscular e deixou o campo para a entrada de Gegê.

Experiência

O Criciúma entrou em campo com jogadores rodados no futebol nacional, como Maicon, Wesley e Vinicius. E foi com a participação de dois deles que saiu o gol de empate. A boa tabela entre Maicon e Wesley, pela direita, parou nos pés do também rodado Léo Gamalho completar. Gol de um legítimo centroavante, bem posicionado na área.

Primeiro tempo

O Criciúma começou melhor a partida, sempre na velocidade do ataque e nas arrancadas de Vinicius. O Avaí equilibrou após os 15 minutos e criou a primeira boa chance, desperdiçada por Matheus Barbosa. O Tigre respondeu com em chute de Wesley, na pequena área, que saiu torto e pela lateral. Empurrado pela torcida, o Leão teve mais posse de bola, mas sem transformar em gol. Mesmo com o forte calor, a primeira etapa foi movimentada.

Segundo tempo

O segundo começou e o Avaí abriu o placar logo aos dois minutos. João Paulo deu lindo passe para Igor Fernandes, que cruzou na medida para o artilheiro do estadual Daniel Amorim completar. A festa na Ressacada, porém, durou pouco. Três minutos depois, Léo Gamalho aproveitou lançamento na área e empurrou para as redes. O Leão sentiu o gol e demorou para responder. O Tigre, entretanto, perdeu chances claras com Caíque e Reis. Com o empate, a decisão foi para as penalidades.

Fonte: Globo Esporte



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.





VEJA TAMBÉM