Portal Faxinal

NOTÍCIAS



Nota de Falecimento

01/04/2019 às 09h05
Atualizada em 02/04/2019 - 08h47

O Portal Faxinal comunica com profundo pesar o falecimento de uma das centenárias de Faxinal dos Guedes. Malvina Lino de Carvalho faleceu no domingo (31) por volta das 22 horas. Seu corpo está sendo velado na Capela Mortuária do município. O Sepultamento deve acontecer nesta segunda-feira (01), a partir das 16 horas, antecedido de culto de corpo presente no local. 

À família enlutada as nossas condolências. 

Relembre a história de Malvina Lino de Carvalho: 

A centenária recebeu uma homenagem em 2018 do vereador Paulo César de Lima.
Em 1915 os aeroplanos militares foram usados pela primeira vez na Guerra do Contestado. É registrada em 1915 no Nordeste Brasileiro a maior seca já documentada, inúmeras pessoas fugiram do sertão para se abrigar nas cidades litorâneas e nas grandes cidades do país. Foi também no dia 23 de agosto de 1915, na cidade de Capinzal que nasceu Malvina Lino de Carvalho, hoje uma das pessoas mais velhas do Oeste Catarinense.

Moradora da Rua Brasília em Faxinal dos Guedes, Malvina Lino Carvalho, recebeu nossa reportagem com muito carinho e alegria. Logo ao chegarmos perguntamos como estão as coisas? “Bem, com saúde tudo vai bem”. Respondeu com um sorriso no rosto.
Dona Malvina Lino de Carvalho veio morar em Faxinal dos Guedes muito jovem, primeiramente na comunidade de Quebra Nó, passando pela linha Esperinha e Barra Grande, mudando-se posteriormente para o centro de Faxinal dos Guedes. Mãe de 17 filhos, Malvina lembra o nome de todos. “Meus filhos são: Maria Francisca, Maria da Luz, Maria Tereza, Maria do Rosário, Inês, Francisco , João , Jacinto , Antônia e Arthur, os que já faleceram são os seguintes: Valdevino , Celso , Manoel , as gêmeas Nair e Jandira , Maria da Cruz e Antônio.” Comenta.
“Criei meus filhos que nem vi, tivemos que trabalhar muito devido às dificuldades da época, não era fácil trabalhar na colônia, mas com a força de Deus vencemos”. Criei todos em um bom caminho e quando tinham algum problema de saúde sempre dei um jeito. Não consegui colocar meus filhos para estudar por que tinham que trabalhar pra gente sobreviver. Hoje estão todos bem e vivos me dando muitos netos. “Sabe de uma coisa, tudo que tem de bonito no mundo, eu vi”. Destacou dona Malvina Lino de Carvalho. 
A vontade de viver e o bom humor são características marcantes, da mulher que criou com dificuldades os filhos e superou todas as barreiras da vida. Malvina completa em agosto, 103 anos de vida. Uma história de superação e amor à família.
 

Fonte: Portal Faxinal



01 COMENTÁRIO - Deixe também o seu Comentário

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.


Prof.Manoel Pacheco da Rosa comentou em 01/04/2019 as 12:05:40

Meus sentimentos. Conheci muito bem dona Malvina. Também residi na Rua Brasília.
Deus ajude todos os familiares.



VEJA TAMBÉM