Portal Faxinal

NOTÍCIAS



Felipão x Carille: duelo entre Palmeiras e Corinthians opõe técnicos "reis dos clássicos"

Treinadores se enfrentam pela primeira vez no Dérbi deste sábado, na arena do Verdão

01/02/2019 às 06h34

Entre os muitos atrativos do Dérbi deste sábado, um deles estará fora de campo. O clássico Palmeiras x Corinthians, às 17h, na arena do Verdão, marca o primeiro duelo entre os técnicos Felipão e Fábio Carille.

Separados por 25 anos de idade (Felipão tem 70 e Carille, 45), os treinadores têm métodos, temperamentos e trajetórias diferentes. Há, porém, um fator que os aproxima e enche de esperança os torcedores de Palmeiras e Corinthians: o bom retrospecto em clássicos.

O comandante alviverde está invicto diante dos rivais desde a sua volta ao Brasil, em julho do ano passado. Já o técnico corintiano ficou marcado em sua primeira passagem pelo Timão por se dar bem contra Palmeiras, Santos e São Paulo. Quem levará a melhor neste domingo?

A taça que falta

Ídolo palmeirense, Felipão voltou ao clube em 2018 para controlar um elenco com mais de 11 titulares e dar ao time mais espírito de decisão em grandes jogos. Deu certo, principalmente nos clássicos do Brasileirão do ano passado.

Com Scolari no banco de reservas, o Verdão venceu Corinthians, São Paulo e Santos e, com 100% de aproveitamento contra os rivais, deu grande passo para a conquista do título nacional.

Na prática, Felipão adotou a ideia do rodízio de titulares e ganhou a confiança do elenco. Em 2019, por exemplo, apenas Jean dos 25 inscritos no Paulistão não entrou em campo nas primeiras quatro rodadas do torneio estadual.

O Campeonato Paulista, aliás, ainda é um tabu para o treinador no Verdão: é uma das poucas competição não conquistadas por Scolari em suas três passagens pelo clube - ele já venceu Libertadores, Copa do Brasil, Copa Mercosul, Torneio Rio-São Paulo e Brasileirão.

Pela reabilitação nos clássicos

Carille ficou apenas seis meses no Al-Wehda, da Arábia Saudita, mas foi tempo suficiente para o torcedor corintiano sentir saudades e clamar pela volta dele.

Além de cair nas oitavas da Libertadores e brigar contra o rebaixamento no Brasileirão, o Timão viu o seu desempenho em clássicos despencar após a saída do treinador.

Carille disputou 19 jogos oficiais contra os rivais paulistas, tendo 12 vitórias, 4 empates e 3 derrotas, aproveitamento de 70,1%. Sem ele, com Osmar Loss e Jair Ventura, o Timão disputou cinco clássicos e não ganhou nenhum: três derrotas e dois empates, 13,3% de aproveitamento.

Agora, o comandante alvinegro tenta não apenas retomar a força contra os rivais, mas também melhorar o desempenho da equipe em 2019. Ainda em busca de um time ideal, o Corinthians só venceu uma vez no ano, tendo também um empate e duas derrotas.

Em 2017, quando Carille iniciava a carreira como técnico, um Dérbi no Paulistão foi fundamental para ele e o Corinthians deslancharem. A história se repetirá desta vez?

Fonte: Globo Esporte



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.





VEJA TAMBÉM