Portal Faxinal

NOTÍCIAS



Em posse, Moisés estendeu bandeira branca para parlamentares

02/01/2019 às 08h41
Atualizada em 03/01/2019 - 08h21

Um dos principais trechos do discurso do novo governador veio no clamor dele aos parlamentares estaduais eleitos. Quase como em uma solicitação de trégua, pediu que os deputados deixem de lado “disputas políticas” e a “projeção pessoal".

Lembrança de Dom Wilson

No culto ecumênico feito antes da posse, o arcebispo de Florianópolis, Dom Wilson Tadeu, lembrou Moisés e Daniela de uma necessidade crucial: "Para governar é importante que se saiba ler a realidade". Além dele, dois pastores também participaram do ato. Uma de Tubarão, onde o governador fez carreira, e outro de Maravilha, cidade natal da vice-governadora. Este último entregou um livro com orações diárias para ambos.

Adepto das redes sociais para se comunicar com a população, Moisés não fugiu dos pedidos de “selfie” nem dentro da Catedral Metropolitana.

O adeus

Como não se reelegeu para a próxima legislatura, o atual presidente da Alesc, Silvio Dreveck, aproveitou duas oportunidades que teve ontem para se despedir. A primeira no seu gabinete, durante o pronunciamento de Moisés, e a segunda dentro do plenário.

Começou

O novo governador teve a primeira sensação do que é comandar o Estado logo no dia da posse. Um grupo de manifestantes pedia a convocação de agentes prisionais aprovados em concurso. Reclamam da falta de atenção do grupo de transição. Por isso foram ontem para a cerimônia e ficaram em frente ao prédio da Alesc do início ao fim. A PM fez um cordão para evitar que eles chegassem perto da entrada.
 

Fonte: NSC Total



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.





VEJA TAMBÉM