Portal Faxinal

NOTÍCIAS



Bombeiros participam de força tarefa contra a dengue

Ação ocorre durante toda a semana em Faxinal dos Guedes

12/12/2018 às 13h17

A Força Tarefa contra a Dengue está no seu terceiro dia de trabalho que teve início na manhã de segunda-feira (10), e termina na sexta-feira (14), a ação da secretaria municipal de saúde com o apoio da secretária de obras e serviços urbanos, Defesa Civil Estadual, da Vigilância Epidemiológica Regional, Léo Clube e Lions Clube, pode contar desde a tarde de ontem (11), com o trabalho do Corpo de Bombeiros do município que se juntou ao grupo nesta luta contra o mosquito.

Durante a força-tarefa, além de identificar possíveis focos do mosquito Aedes aegypti, as equipes vão orientar a população sobre os cuidados que devem ser tomados para evitar o acúmulo de água parada e sobre a forma correta de eliminar os lixos e entulhos, entregando material educativo e até notificando os moradores para que realizem os cuidados necessários. Até sexta-feira (14), todas as residências dos bairros e centro devem ser vistoriadas. A ação tem caráter preventivo para evitar o aumento dos focos e a proliferação do mosquito no município.

As principais diferenças entre a Dengue, a Chikungunya e a Zika estão na intensidade dos sintomas. Entre essas doenças, a dengue é a mais grave. Além de serem transmitidas pelo mesmo mosquito, a dengue, a chikungunya e a zika são doenças que apresentam alguns sintomas semelhantes, o que pode dificultar o diagnóstico. Entretanto, pequenas diferenças existem e podem ser usadas como critério para a diferenciação.

A dengue é, sem dúvidas, a doença mais grave quando comparada à chikungunya e à zika. Ela causa febre, dores no corpo, dores de cabeça e nos olhos, falta de ar, manchas na pele e indisposição. Em casos mais graves, a dengue pode provocar hemorragias, que, por sua vez, podem ocasionar óbito.

A chikungunya também causa febre e dores no corpo, mas as dores concentram-se principalmente nas articulações. Na dengue, as dores são predominantemente musculares. Alguns sintomas da chikungunya duram em torno de duas semanas; todavia, as dores articulares podem permanecer por vários meses. Casos de morte são muito raros, mas a doença, em virtude da persistência da dor, afeta bastante a qualidade de vida do paciente.

Por fim, a febre zika, que é a doença que causa os sintomas mais leves. Pacientes com essa enfermidade apresentam febre mais baixa que a da dengue e chikungunya, olhos avermelhados e coceira característica. Em virtude desses sintomas, muitas vezes a doença é confundida com alergia. Normalmente a zika não causa morte, e os sintomas não duram mais que sete dias. Vale frisar, no entanto, que a febre zika relaciona-se com uma síndrome neurológica que causa paralisia, a Síndrome de Guillain-Barré, e também com casos de microcefalia.

 

Fonte: Texto: Eliane Teles - Prefeitura de Faxinal



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.





VEJA TAMBÉM