Portal Faxinal

NOTÍCIAS



Feliz na Chape, Leandro Pereira diz que gol da permanência foi um presente: "Sortudo por estar aqui"

Em mensagem nas redes sociais, atacante relembra amigos mortos na tragédia aérea e fala que clube não merece mais "nenhum segundo de sofrimento"

05/12/2018 às 22h45

Contratado para ser a referência no setor ofensivo, Leandro Pereira fez valer o esforço do departamento de futebol da Chapecoense. Em 38 partidas do Brasileirão, entrou em campo 34 vezes e marcou 11 gols. O mais importante, de cabeça, na tarde do último domingo, diante do São Paulo, confirmou a permanência do Verdão do Oeste na Série A. E é por causa dele que o torcedor alviverde pode dizer com orgulho que segue na elite.

Em 2018, Leandro superou a campanha da primeira passagem pela Arena Condá e deu a volta por cima na carreira. Ao deixar o clube, em 2014, não conseguiu mais terminar uma temporada em evidência. Até voltar ao Oeste de Santa Catarina.

Em uma rede social, na tarde desta quarta-feira, o atacante escreveu uma mensagem emocionante. Na publicação, disse que está muito feliz na Chapecoense e que é sortudo por ter a oportunidade de vestir a camisa verde e branca, atualmente conhecida em todo o mundo.

- Hoje é um dia diferente para mim. O motivo disso? Simples... jogo num clube que se tornou o querido do Brasil. Todas as pessoas do mundo gostariam de ter a oportunidade de fazer algo por esse clube que, sem dúvida alguma, não merece mais nenhum segundo de sofrimento. Eu não sou diferente, na verdade sou, pois sou sortudo, tive a chance de dar um presente a esse clube, fui o escolhido de Deus e dos anjos Marcelo, Danilo, Bruno Rangel e todos os meus companheiros que, lá de cima, me deram força para conseguir chegar naquela bola. Hoje, sou um homem feliz, não pelo meu sucesso, mas pela dádiva de ter feito o gol que livrou esse clube maravilhoso de mais um sofrimento. Gratidão, esse é o meu sentimento. Sou igual a todos vocês, sou Chapecoense.

Com o contrato chegando ao fim, Leandro Pereira ainda não sabe o que o destino reserva para 2019, mas garante: vai pensar com carinho se for procurado pela diretoria da Chape para renovar o vínculo por mais uma temporada.

- Tem possibilidade de ficar, sim. Ainda não falei com ninguém sobre isso, mas meu contrato acaba no dia 31 de dezembro. Eu sou muito feliz aqui - finalizou.

 

Fonte: G1



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.





VEJA TAMBÉM