Portal Faxinal

NOTÍCIAS



Greve afeta venda de veículos e Santa Catarina tem queda de 11,8%

04/06/2018 às 09h38

Aos poucos os reflexos da greve dos caminhoneiros começam a aparecer em vários setores da economia catarinense. Depois dos principais e mais visíveis prejuízos - crise no abastecimento de alimentos e combustíveis, indústria parada e mortandade de animais no agronegócio -, vem à tona outros impactos na vida dos catarinenses.

Em levantamento divulgado na sexta-feira (1º), a Federação Nacional de Distribuição de Veículos (Fenabrave) mostra que a venda de veículos novos em Santa Catarina sofreu uma queda de 11,82% em maio frente a abril (14.309 contra 16.227). No segmento de automóveis e comerciais leves, responsável por 70% dos emplacamentos, a retração foi de 12,18%. 

O número parece pequeno, mas basta analisar dados de períodos anteriores para observar o tamanho do tombo. No ano passado, as vendas aumentaram 20,59% entre abril e maio - 20,04% no segmento de automóveis e comerciais leves.

Mesmo com o prejuízo, Santa Catarina ainda registra um cenário positivo. No acumulado do ano (de janeiro a maio), o crescimento é de 23,84% frente ao mesmo período de 2017 - 20,97% no segmento de automóveis. Na comparação com maio do ano passado, os emplacamentos subiram 11,62%.

Queda menor no país

No país, as vendas caíram 5,21% (194.921 em maio deste ano contra 209.970 unidades de abril), resultado melhor do que o catarinense. Porém, no acumulado do ano, o crescimento nacional é menor: 14,29 - 16,2% no segmento de automóveis e comerciais leves.

Fonte: DC



SEJA O PRIMEIRO A COMENTAR

* Fique tranquilo que ele não será exibido junto ao comentário.





VEJA TAMBÉM